Mil Rosas

Assassinada em janeiro de 1919.
Mais viva do que nunca.